26 nov. 2021 | 18h47 BRT

Workshop treina influenciadores infantojuvenis

Bibiana Maia Por

Bibiana Maia

Na última edição do ano do workshop para influenciadores digitais, o Redes Cordiais se volta para produtores de conteúdo que dialogam com crianças e adolescentes. É a décima terceira realização do evento, que vai contar com o lançamento do material “Influencer digital na real: guia para criadores de conteúdo infantojuvenil“, produzido pelo Redes Cordiais e o Instituto Galo da Manhã.

O guia foi escrito por Januária Cristina Alves, parceira do Redes Cordiais. Jornalista, Alves é mestre em comunicação social pela ECA/USP (Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo), educomunicadora, autora de mais de 50 livros infantojuvenis, duas vezes vencedora do Prêmio Jabuti de Literatura Brasileira, coautora do livro “Como não ser enganado pelas fake news” (editora Moderna) e membro da Associação Brasileira de pesquisadores e Profissionais em Educomunicação – ABPEducom e da Mil Alliance, a Aliança Global para Parcerias em Alfabetização Midiática e Informacional da Unesco.

O workshop busca engajar influenciadores no combate à desinformação e aos discursos de ódio para que eles aprendam a se proteger digitalmente e repliquem o aprendizado junto a suas audiências. O encontro, o sexto em formato online, acontecerá na próxima semana, nos dias 29 de novembro e 1 de dezembro. O workshop para influenciadores tem apoio do Instituto Galo da Manhã, National Endowment for Democracy e Instituto Betty e Jacob Lafer, além de parceria com Pensata e Casé Fala.

O guia mostra que crianças e adolescentes estão nas redes e são os que mais comentam e interagem ali. Isso porque é nessa fase da vida que as relações sociais são fundamentais para moldar seu comportamento, valores e para formar sua visão de mundo. Pesquisas retratam como esta relação com a vida digital, nesta faixa etária, está presente em todo o planeta. Segundo dados do UNICEF, um em cada três usuários da internet no mundo tem entre 0 e 18 anos.

Aqui no Brasil, isso não é diferente. A pesquisa TIC Kids Online Brasil 2019 aponta que 89% da população de 9 a 17 anos é usuária de Internet, o que equivale a 24,3 milhões de crianças e adolescentes conectados. De acordo com os dados, 91% dos adolescentes entre 15 e 17 anos usam redes sociais e 20% tiveram o primeiro acesso à internet aos 10 anos de idade. O mesmo levantamento mostra que 77% da população de 15 a 17 anos acreditam conhecer mais sobre a internet do que seus pais ou responsáveis.

Questões como uso de redes sociais de crianças e jovens e influência responsável serão debatidas com: Ailton Junior, criador do perfil Série de Dicas; Anna Claudia Ramos, escritora e mestre em Ciência da Literatura, pela UFRJ; Bianca Santos, maquiadora e tiktoker; Daniela Fontolan Mutinelli, do grupo Mães de Jundiaí; Erik Clepton, humorista e tiktoker; Eduardo Prado, do Masterchef Júnior, em 2015, e da atual temporada; Josy Fischberg, jornalista e doutora em Educação pela PUC-Rio; Lhays Macedo, atriz, dubladora de filmes e desenhos e tiktoker; Maria Carolina Cristianini, editora-chefe do jornal Joca; Sâmela Satére Mawe, comunicadora indígena e integrante do movimento Fridays For Future; Tatiana Kauss, escritora e youtuber; e Thalita Rebouças, apresentadora do The Voice Kids e escritora com mais de 25 livros publicados em 20 países.

Até o momento, já treinamos mais de 200 influenciadores que, juntos, ultrapassam 100 milhões de seguidores. Entre os nomes estão Bruna Linzmeyer, Ademara Barros, Antonio Tabet, Cris Vianna, Paolla Oliveira, Renê Silva, Filipe Castanhari, Fernanda Lima, Ana Paula Padrão, políticos da direita e da esquerda e criadores de conteúdo muito diversos entre si.

Clique aqui para baixar o “Influencer digital na real: guia para criadores de conteúdo infantojuvenil”.


Veja também