13 maio. 2022 | 13h30 BRT

Redes Cordiais e ITS promovem curso de saúde mental para jornalistas

Bibiana Maia Por

Bibiana Maia

As condições emocionais dos trabalhadores da imprensa estão no centro de um debate atual, impulsionado pelo contexto da pandemia e pelo acirramento de ânimos no ambiente político. É preciso reconhecer que muitos jornalistas estão esgotados, sobrecarregados e se sentindo pressionados para além do nível aceitável no âmbito profissional.

A percepção sobre esse cenário levou à elaboração de um projeto que se preocupa em fornecer ferramentas para melhorar esse panorama. “Saúde mental de jornalistas” abarca um pacote de serviços, em três frentes de atuação. Uma delas é um curso voltado a profissionais de imprensa, a partir do entendimento que admitir o problema e se preparar para lidar com os desafios é um primeiro passo essencial.

Com inscrições gratuitas e vagas limitadas, o treinamento conta com cinco aulas, online a ao vivo, a serem realizadas em cinco noites de 30 de maio a 9 de junho. A equipe envolvida com o projeto conta com profissionais renomados, como Guilherme Valadares, que esteve em vários países pesquisando dados e abordagens para a saúde mental de jornalistas e é certificado pelo Cultivating Emotional Balance (CEB).

Marcadores sociais, como questões de gênero e cor, também estão contemplados no conteúdo, sob a ótica de que influenciam aspectos do bem-estar social e laboral. Além do curso, o projeto está desenvolvendo um material de apoio, que poderá ser lido e consultado em casa – a ser lançado em breve. A terceira vertente é baseada na necessidade de dar suporte a veículos de comunicação, mostrando caminhos e atitudes capazes de melhorar o ambiente de trabalho e prevenir casos graves de problemas mentais.

Jornalistas estão expostos cotidianamente a circunstâncias potencialmente provocadoras de traumas, mas ao contrário de outros profissionais, como médicos e bombeiros, que são incentivados a falarem do assunto e a buscarem formas de lidar melhor com essas situações, acabam não encontrando espaço para abordar as dificuldades e possíveis soluções.

O trabalho está sendo desenvolvido pelas organizações Redes Cordiais e ITS Rio – duas instituições que já atuaram juntas em outras parcerias de sucesso – e é apoiado pelo Meta Journalism Project, que se sensibilizou com a proposta de buscar caminhos para melhorar a qualidade de vida dos profissionais de imprensa. Essa demanda urgente, pois afeta toda a sociedade, ao ser refletida na qualidade e na quantidade de informações que estão produzidas e distribuídas.

“Identificamos a necessidade de agir, buscando explicações e caminhos. Não bastava apresentar o problema. A ideia foi apresentar soluções”, comenta Clara Becker, cofundadora do Redes Cordiais. O projeto foi pensado para abarcar a perspectiva educacional, que está cerne do trabalho desenvolvido pelo ITS Rio, inclusive na área de segurança digital para jornalistas, por Fabro Steibel, professor e diretor executivo da instituição. Em parceria, ITS Rio e Redes Cordiais já oferecem outros conteúdos para profissionais de imprensa, como a plataforma Jornalistas nas Redes, ainda disponível para consulta.

Link para a inscrição no curso: https://itsrio.org/pt/cursos/jornalistas-e-saude-mental-como-encontrar-o-equilibrio/


Veja também